18 de fevereiro de 2006

chuva

chuva.jpg

que importam as lágrimas
impacientes de Perséfone

a líquida melancolia
escorrendo na vidraça

se a macieira agradece
a mercê das águas

e engendra em segredo
os perfumes da Primavera

2 comentários:

  1. Agora já vejo a imagem. ma é bom, parece-me que estás cada vez mais interiorizado com este estilo Haibun. A qualidade é notória e evolutiva.
    abraço
    Constantino

    ResponderEliminar
  2. " se as flores vivessem sempre bonitas, a primavera era a bela adormecida!"
    Ana Mª Costa

    ResponderEliminar