15 de fevereiro de 2006

o lado cruel das palavras

seresopacos.jpg

a noite é dos seres opacos
que preferem o silêncio das trevas
à crueza da luz

eles sonham que lá no fundo
no reduto mais sombrio da alma
arqueja o lado cruel das palavras

como uma víbora mortífera
à espera do momento certo
para dar o bote

eis porque se ocultam
silenciosos e opacos
os seres da noite

quem sabe se em penitência

1 comentário: